VIAGENS



                    CATEDRAL DE BRENNAND
Clique para Voltar

Em Pernambuco o ceramista internacionalmente reconhecido Brennand construiu -sobre uma Linha Ley, um alinhamento de energia telúrica (igual ao do Museu do Ipiranga em São Paulo)- sua Catedral Pessoal, um templo cujo teto é o próprio céu aberto, dando uma sensação maior que a de qualquer Catedral européia, aqui luz solar e a exuberante natureza brasileira superam a sombra úmida das Igrejas Românicas ( Terra e Água) e os arcos reverberantes das Igrejas Góticas (Fogo e Ar) .

Toda ricamente decorada com simbologia maçônica, rosa-cruz , alquímica e cabalística, onde jaguatiricas e tatus convivem com pelicanos bicando o peito ( como na Basílica de Tremembé, Vale do Rio Paraíba , pertinho de Taubaté ) , e jacas, cajás, cajús e ingás, mil frutas nordestinas , flora e fauna brasileira em alto-relevo colorido.

A releitura e interpretação personalizada de Brennand , bem como sua trindade guardiã de cisnes negros vivos e as centenas de carpas da longevidade no lago abaixo do ovo da abóboda azul fazem o espetáculo arquitetônico vivo, um LUGAR DE PODER.

No Forno alquímico, argilas coloridas são misturadas e cozidas pacientemente, e a cerâmica quase-viva destes golens impressiona na família Adão-Eva-Caim ao lado do altar com uma cachoeira cheia de mais carpas nadando um balé dionisíaco. Uma visita sem a qual os templos europeus não tem sentido.


Voltar




Ilustração feita por Renê Dalton
Ilustração feita por Renê Dalton
Ilustração feita por Renê Dalton
Ilustração feita por Renê Dalton