HISTÓRIAS EM QUADRINHOS


"Os OUTROS 500" é um movimento internacional que denuncia as autoridades que vem censurando a verdadeira história do Brasil; ocultando os massacres de índios, a escravidão dos africanos, o comércio com Piratas e toda mentira e falsidade da "História Oficial" que ensinam nas escolas.

O escritor santista Calazans diz: "Minha pesquisa é um encontro com nossas raízes, quero entender melhor os erros do passado para nunca mais repeti-los... A Hora da Horta é uma mesma história contada três vezes:

1) Uma é a versão adulta e séria (Aventura e Drama Psicológico politizado e místico) "A Hora da HORTA"

2) Já a Segunda, "Caravelinhas" é uma História de humor também denunciando as mentiras das autoridades sobre os Degredados.

3) E a Terceira e Última "O Bacharel de Cananéia" é uma história em quadrinhos paradidática direcionada ao público infanto-juvenil. Todas as 3 histórias estão no mesmo livro."

Calazans ainda diz: "Com esta obra quero provocar a imaginação do leitor para preencher os saltos e vazios (elipses) do ritmo visual da narrativa. É um desafio subliminar ao inconsciente do leitor, resultado de anos de pesquisas e dos cursos de Histórias em Quadrinhos Didáticas que venho ministrando para professores no CEPEL-UNESP de São Vicente".

E continua: "Baseei minha pesquisa na minha própria família, que veio para Itanhaem - ninguém fala que Itanhaem é a Segunda vila fundada em 1532.junto com São Vicente-e nem que o Martin Afonso achava que a serra do mar ia até os Incas, ele chegou em 1532, mesmo ano que Pizarro ataca os Incas, os dois queriam é achar o El Dorado, quando Jõao Ramalho mostrou o Planalto de Piratininga, Martin Afonso desiste, volta e vem fundando as cidades para não parecer que falhou em tudo e não perder a viagem, além disto, os degredados que moravam aqui desde a expedição do italiano Américo Vespúcio em 1502 trocavam vinho, hortaliças e escravos com os Piratas Ingleses e Franceses, porisso São Vicente era chamado de PORTO DOS ESCRAVOS, e até hoje aqui todos somos tratados como escravos com um salário mínimo miserável e abandonados nas filas da Saúde Pública, com Favelas Gigantes , estes são os OUTROS 500, as razões dos problemas de hoje tem causas na História que as autoridades querem censurar".

"A Hora da Horta" é um livro que mostra estes piratas e escravos com detalhada pesquisa, tem prefácio do Professor de História Colonial do Brasil , Doutor José Leonardo do Nascimento, formado pela Sorbonne-Paris e professor De Pós-Graduação na Universidade de Lisboa ; a pesquisa científica de Calazans também teve o apoio da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC-Sucursal Santos), com apresentação do Doutor Cláudio Brito (Comendador pela Rainha da Inglaterra) e o livro tem estudos sobre a obra de Calazans de Gian Danton (roteirista publicado nos USA e que recebeu os prêmios HQMIX e Troféu Ângelo Agostini de melhor roteirista de 1999), além do Nautimodelista Nelson Portéro Júnior, criador da Exposição do SESC com as caravelas de Cabral, e textos do Conselho editorial da revista santista que circula desde 1979- Barata, ; Érika Saheki e Gazy Andraus.

O Livro tem apoio cultural da SBPC, do GTHQ do Intercom, da Cooperativa Barata e do Clube de Pesca de Santos.

Voltar





Ilustração feita por Renê Dalton
Ilustração feita por Renê Dalton
Ilustração feita por Renê Dalton
Ilustração feita por Renê Dalton